Metade das mulheres perde emprego após licença-maternidade

on .

Tamanho de letra:

Estudo da FGV mostrou que metade das mulheres que tiram licença-maternidade não está mais no emprego um ano após o início do benefício. Da amostra pesquisada entre 2009 e 2012, 5% tiveram o desligamento do emprego no quinto mês da gravidez e 15% no sexto. Os dados não indicam que todas essas mulheres estão sendo demitidas, pois parte delas pode fazer acordo para ter acesso à seguridade social.

https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2017/09/1915846-metade-das-mulheres-perde-emprego-apos-licenca-maternidade.shtml

 

Quem Somos

Somos uma sociedade de profissionais, inscrita no Conselho Regional de Psicologia - CRP sob o nº 1063/J, fundada em 1993, constituída exclusivamente por Psicólogos. Nossa missão é conduzir processos e apoiar decisões da área de Recursos Humanos das empresas relativas às atividades de recrutamento e seleção, ações de desenvolvimento e coaching.

Leia mais...

Logo Psicologia Projeto RH

Encontre-nos no Facebook Projeto RH
Siga o Twitter Projeto RH
LinkedIn Projeto RH